IB: ALAYLM - 6° CAPITULO

Logo depois meu pai chegou. Foi sorte ele não ver o Justin, muita sorte. Depois jantei. Sim, eu e ele estávamos de cara feia um para o outro, eu não conseguia entender essa cisma dele com o Justin. Mas, não seria ele que tiraria o Jus de perto de mim.
Fui dormir, na verdade não consegui pregar o olho, estava preocupada com o Justin e um pouco com o meu  pai. Com ele não era muita preocupação, e sim culpa. Culpa de estar mentindo para ele, por estar enganado-o, meu coração apertava a cada instante.
[...]
Acordei com batidas na porta, era ele, meu pai. Não falei nada, apenas o encarei.
- Filha, hoje eu vou te mostrar uma pessoa ! - Continuei sem dizer nada.
- Seu nome é Jake, eu sei que vocês vão se dar bem ! Ele tem 25 anos, um ótimo rapaz, e quem sabe vocês poderão se casar ! - Quando ouvi aquilo, lágrimas saíram do meu rosto. Como meu pai poderia fazer isso comigo, me obrigar. Eu nunca vou deixar o Justin,nunca.
- Eu não vou conhece-lo e muito menos casar com ele. - Falei sem medo.
- Ah, vai sim ! Nem que eu te obrigue ! - Ele falou saindo e fechando a porta com força. Naquele momento eu queria morrer, simplismente isso. Como meu pai poderia fazer aquilo comigo, como ? Nem que eu fuja, eu conheço esse tal de Jake.
Aqueles pensamentos preocupados tomaram conta de minha mente, mas logo uma mensagem me fez sorrir.

Estou com saudades da minha pequena Lembre-se, eu te amo e eu vou enfrentar tudo por você, até mesmo seu pai. Ah ! E lembre-se, se arrume pois hoje você vai conhecer minha família.
- De seu retardado, Justin.

Sorri ao ler aquilo. Mesmo tendo tantas outras coisas para se preocupar, aquela mensagem não saia da minha cabeça. E junto dela, o medo. Medo de perde-lo, medo de ele parar de me amar, medo de tudo. Bom, mas, será que a família Bieber irá gostar de mim ? Sorri ao pensar aquilo. 
[...]
Depois de algum tempo após a saída do meu pai, fui me vestir. Coloquei um vestido e uma sapatilha e fui esperá-lo Quando o vi, ele estava lindo. Ele me levou para sua casa e logo chamou sua mãe.
- Mãe ! Princesa ! Xon ! - Ele falou sorrindo.
- Biebs ! - Vinha uma garotinha com uma boneca na mão. Ela era linda como seu irmão. 
- Princesa, essa é a minha namorada !
- Oi Jazzy ! - Falei sorrindo.
- Oi ! Você é muito bonita.
- Você é muito mais. - Falei fazendo cocegas em seu pescoço. Ela riu.
- Vamos amor, tenho que te apresentar minha mãe. - Ele falou enquanto me dava um selinho.
Fomos para a cozinha e quando chegamos lá, nos deparamos com uma mulher que aparentava ter uns 30 anos. Ela se chamava Pattie, e sim, era a mãe do Justin.
- Prazer senhora Pattie.
- Pattie está bom querida ! Justin, você me falou que ela era bonita, mas não tanto assim. - Ri envergonhada.
- Obrigada ! 
- Amor, vamos, quero te apresentar o meu quarto. - Ele subiu e eu o acompanhei. 
- Juízo hein ! - Era a voz de Pattie.
Sorri mais uma vez envergonhada e continuei o seguindo.
- Justin ! Cadê os doces que você me prometeu hein ? - Um garotinho falou. 
- Depois te dou Xon, não fala nada para a mamãe.
- Pode deixar.
Ri com tudo aquilo.
- Justin, escondendo doces da sua mãe ! Muito lindo ! - Falei enquanto entrava em seu quarto. Ele riu, o sorriso mais perfeito do mundo se encontrava ali.
Justin não parava de mim olhar, era vergonhoso e engraçado ao mesmo tempo. 
- O que foi ? - Falei jogando o travesseiro em sua cara.  Ele me olhou com cara de safado e eu ri daquilo.
Ele foi se aproximando e me deu um beijo daqueles. Quando vi já estávamos na cama ainda de roupa. Tirei sua blusa e ele a minha. Quando ele ia desabotoar o sutiã, alguém abriu a porta, era a Jazzy. Cai para o lado do Justin e logo vesti a blusa.
- O que vocês estão fazendo ?
- Brincando Jazzy ! - Justin falou um pouco nervoso. 
- Posso brincar também ?  - Ri daquilo.
- Ér ... ér... Vamos brincar de uma coisa muito melhor. - Ele piscou para mim.
- Claro Justin ! - Falei rindo.
- O que vocês vão fazer ?
- Isso ! - Eu e o Justin falamos numa sicronia. Fizemos cocegas nela até que um voz aparaceu no meio de tudo isso.
- Jazzy, vem, vamos estudar ! - Pattie falou chamado Jazzy ! Paramos e deixamos ele ir estudar. Quando ela saiu do quarto, Justin foi e trancou a porta.
- Bem, onde paramos ? - Ele me olhou com uma cara de safado.
- Na parte em que ... - O telefone tocou atrapalhando, era uma mensagem do meu pai. - Em que o telefone toca e é meu pai. - Disse sem ânimo completando. Quando li dizia o seguinte.

Isabella, daqui a 30 minutos estou ai, se prepara pois estou levando um convidado especial, isso mesmo, Jake. 
- Papai.

Lendo aquilo, me deu uma vontade de jogar o celular no chão. Mas, a pressa tomou conta de mim, como íamos chegar em casa mais cedo que meu pai ? Então me levantei e fui mais rápido possivel para casa com o Justin.

Bom amores, esse foi um dos capítulos da minha IB. Espero que tenham gostado e ... Será que eles chegarão a tempo ? Quem será esse tal de Jake ? Quem quiser, pode fazer perguntas sobre as Ib´s, e não se esqueçam de dar sua opnião. Obrigada ! #SwagdoJustin

2 comentários

  1. OMB agora tô morrendo de curiosidade!!!
    Continua logo diva ta perfeito !!!!

    ResponderExcluir

**Comentarios sempre são bem-vindos, e criticar também. Não xinge, de sua opinião é diverta-se**
A EQUIPE